Hospital de Campanha: o que é, como montar, alugar ou comprar

Entenda a importância de um hospital de campanha para momentos de pandemia

 

Hospitais de campanha são hospitais construídos para momentos específicos. Diferentes dos hospitais comuns, eles não foram pensados ou previamente programados. O conceito desses hospitais surgiu nos campos de batalha da segunda guerra mundial e podem ser definidos também como uma pequena unidade de saúde, ou mini hospital. São utilizados como provisão de cuidados temporários de saúde, em situações emergenciais ou circunstanciais.

 

Esses hospitais surgiram na segunda guerra com o intuito de salvar, com urgência, os feridos da morte ou aliviar as dores dos portadores de ferimentos mais graves. Os cuidados eram paliativos até que eles pudessem ser levados para locais com mais equipamentos e segurança.

 

Como montar um hospital de campanha?

 

O intuito dessa instalação é que ela seja limitada ao mínimo necessário, isso porque ela geralmente precisa ficar pronta o mais rápido possível. Ao mesmo tempo, precisa ser projetada com uma boa estratégia para que seja uma estrutura eficiente e que traga o máximo de segurança possível.

 

Essas estruturas podem ser pensadas para pequenos ambulatórios de atendimentos rápidos, mas também podem promover condições adequadas para grandes procedimentos como cirurgias mais complexas. 

 

A construção é feita com o uso de peças pré-fabricadas (de diferentes materiais). Módulo a módulo os hospitais são montados a partir de peças que chegam direto da fábrica ou de depósitos. Segundo o Ministério da Defesa do Brasil cada hospital de campanha pode apresentar diferentes aspectos em seus projetos e composições estruturais e organizacionais para atender às suas finalidades específicas nas atividades de saúde, e podem ser construídos também por civis, como já está acontecendo em muitos estados brasileiros. 

 

 

Além disso, o mesmo material utilizado para construir os hospitais de campanha, também podem ser eficientes para a montagem de divisórias hospitalares. Sabemos que o novo COVID-19 exige o afastamento dos pacientes porque seu potencial de contágio é muito grande, por esse motivo as divisórias são essenciais. 

 

Estruturas montadas em Marechal Cândido Rondon - PR 


 

Quais empresas estão prestando esses serviços?

 

Existem muitas fábricas que são responsáveis por produzir os itens de construção desses projetos, a Alumipac é uma delas! Os objetos para a montagem são desenvolvidos e pensados para compor construções de até 3 andares. 

 

Além das fábricas, é preciso de empresas especializadas em manusear esses materiais. Uma das novidades que tem acontecido no Brasil é que os empresários, donos de empresa de montagem de stands para eventos, estão fazendo as montagens dos hospitais de campanha.  

 

Uma exemplo disso é a Opção Stand, localizada em Belo Horizonte - MG, esse empreendimento contribuiu na construção de um hospital de campanha da cidade. A estrutura ficou pronta em pouco tempo e já está servindo como o apoio que as instituições de saúde precisam nesse momento.

 

 

Qual o custo desses projetos? 

 

As estruturas garantem um bom custo benefício. Isso porque um projeto de hospital de alvenaria comum exige muito mais tempo, investimento, espaço, mão de obra e materiais para construções. Enquanto os hospitais de campanha são suficientes em suas estruturas. O que pode sair mais caro nesses projetos são os materiais que vão ser usados para montar os leitos, as Unidades de Tratamento Intensivo (UTI), os respiradores, o pagamento dos profissionais e as demais demandas que compõem a estrutura de um hospital. 

 

É importante também diferenciar as estruturas compradas das alugadas. Após a compra de uma estrutura, o resultado que se tem é a garantia de reaproveitamento do material, um projeto totalmente personalizado e um ótimo custo benefício, isso porque podem ser reutilizadas em outros projetos. 

 

Em Fortaleza, a estimativa da prefeitura de gastos para 4 meses de funcionamento de um hospital de campanha é de R$ 80 milhões. No entanto, o secretário de governo da Prefeitura, garantiu que o aluguel da estrutura provisória representa somente 5% do custo total do funcionamento da nova unidade, ou seja, 4 milhões. O prefeito de Fortaleza ressaltou, em entrevista, que é a melhor alternativa por ter "melhor custo benefício, mais rápida e mais adequada na perspectiva da redução de riscos e segurança do paciente".

 

Os valores das estruturas mudam dependendo da demanda necessária. Quanto maior e mais elaborada a estrutura maior tende a ser o seu valor. 

 

 

Hospitais de campanha instalados no Brasil 

 

Assim como o hospital em Fortaleza e em Belo Horizonte, outras grandes cidades já estão investindo nessas construções. O Hospital de campanha de São Paulo já começou a receber os pacientes. O local é fechado ao público e, é destinado a pacientes de baixa complexidade diagnosticados com coronavírus transferidos da rede municipal da saúde. A tenda de 6,3 mil m² foi erguida em 10 dias e no dia 1°, o Hospital Albert Einstein assumiu a administração. Esse hospital tem 200 leitos de baixa e média complexidade, sendo 8 leitos de UTI que apresentem alta complexidade.
 

A Secretaria de Estado da Saúde gastou mais de R$ 8 milhões com a implantação das estruturas hospitalares temporárias nos complexos do Anhembi e Pacaembu.


Hospital de campanha localizado no estádio do Pacaembú 

 

 

No Rio de Janeiro a expectativa é de 4 grandes hospitais de campanha, comportando cerca de 1,1 mil pessoas. A prefeitura montará um hospital no Riocentro, principal centro de convenções da cidade do Rio de Janeiro, localizado em Jacarepaguá, na zona oeste. O Governo do Estado vai montar os outros 3 - um no Parque dos Atletas, bem próximo ao Rio centro, um no Aeroclube de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense e o outro em São Gonçalo. A secretária de saúde do estado também informou que vai abrir mais 600 leitos nos próximos 70 dias.

 

 

 

Hospital de Campanha para o exército 

 

As forças armadas e a Marinha do Brasil também se organizaram no sentido de atender pacientes com o COVID-19. Nessas unidades, diversas ações estão sendo feitas para que exista a garantia de 3 passos de trabalho: o atendimento, o apoio logístico e o apoio administrativo. 

 

Esses centros móveis de triagem são, principalmente, para que os infectados com o coronavírus não entrem em contato com outros pacientes do hospital e não tenha nenhum tipo de transmissão. No geral, os hospitais de campanha montados pelo exército seguem outros padrões de montagem e são considerados um serviço emergencial. 

 

Área de Proteção e Cuidados está sendo montada em Boa Vista (SD Alvarenga)

 

As Forças Armadas já utilizaram esse tipo de estratégia para casos de enchentes, terremotos no Haiti e no Chile. Agora está compartilhando a expertise com instituições para salvar ainda mais vidas. 

 

Você é da área da saúde e precisa de um projeto personalizado de acordo com suas necessidades? Entre em contato conosco e tire todas as suas dúvidas. Nesse momento desafiador a Alumipac se coloca à disposição para ser a resposta que a área da saúde necessita. 

Converse com um consultor sem compromisso e tire suas dúvidas!
FALAR COM UM CONSULTOR