carregando

Como captar clientes na arquitetura: veja as melhores práticas

Conteúdo produzido em parceria com a arquiteta Talita Shigueoka

Talvez a principal habilidade não-técnica de um arquiteto bem sucedido seja a captação de clientes. Independentemente do momento da carreira, recém-formado ou com anos de experiência, captar clientes faz parte da vida do arquiteto. E, como isso não é ensinado na faculdade de arquitetura, reunimos aqui algumas práticas super eficientes pra que você possa alavancar o seu trabalho. 

Faça pequenos trabalhos

Se você está começando a carreira e precisa começar a montar o seu portfólio, faça pequenos trabalhos. Se ofereça para pequenas reformas da família e/ou amigos e participe do projeto de outro arquiteto, isso vai te ajudar a ganhar experiência com todo o processo de trabalho, desde o projeto até legislação e andamento de obra e, no final, vai te gerar suas primeiras fotos para compor um bom portfólio. Não desvalorize o seu trabalho, mas saiba que, especialmente no início da carreira, é preferível ganhar menos dinheiro em troca da oportunidade de fazer acontecer.

Indicação

Uma indicação pode surgir de duas formas. Ou um familiar/amigo/conhecido indica seu trabalho mesmo sem nunca ter te contratado, ou um cliente antigo/fornecedor indica porque gostou do seu trabalho. De toda forma, indicação é tudo na arquitetura.

É importante que o maior número de pessoas saiba que você é arquiteto (a) e é fundamental que você fale sobre o seu trabalho e ideias com as pessoas que você conhece. Atualmente as redes sociais ajudam demais nesse sentido, e quando as pessoas do seu círculo de relacionamento sabem do seu trabalho, elas têm a possibilidade de te indicar. Imagine você quantas pessoas precisam de um arquiteto! Cultive bons relacionamentos, seja uma pessoa acessível e que goste de ajudar e, mesmo sem nunca terem te contratado, elas farão isso por você. Pessoas indicam pessoas, esse é o segredo. 

E claro, uma indicação poderosa é aquela de alguém que usou o seu serviço. Faça seu melhor sempre. Lembre-se que ser um arquiteto é muito mais do que ter boas ideias e colocá-las num projeto, é também saber se relacionar com clientes e fornecedores, de forma que o projeto se realize de forma harmônica e com o mínimo de estresse possível. Habilidade técnica e habilidade de relacionamento, quando juntas, são capazes de gerar indicações sempre. Se atente a isso!

Parcerias

Tenha bons parceiros. 

Engenheiros, pedreiros, fornecedores de material, todas essas pessoas podem trabalhar juntas a você em diversos projetos. SEMPRE!

Funciona mais ou menos assim: você recebe a solicitação de um orçamento e o projeto exige a presença de diversos profissionais, como você já tem pessoas de confiança, que trazem segurança e garantia de que o seu projeto será realizado com sucesso, você cria a sua equipe com elas e, assim, o seu trabalho gera trabalho para todos. 

Essas mesmas pessoas, quando procuradas pelo trabalho delas e perceberem o quanto a presença de um arquiteto é necessária, te indicarão. Por isso, quando o seu trabalho gera trabalho para elas, igualmente o trabalho delas gerará trabalho para você. Boas parcerias são fundamentais na vida de um arquiteto. Aposte nisso!


Perceba que, de todas essas dicas, o ponto em comum diz respeito a RELACIONAMENTO. Relacionamento com pessoas, clientes, parceiros e fornecedores é a peça-chave para a captação de clientes para qualquer arquiteto. Seja o melhor arquiteto que puder mas nunca descuide dos relacionamentos que você constrói, essa combinação te trará a carreira que você sempre quis. 

Converse com um consultor sem compromisso e tire suas dúvidas!
FALAR COM UM CONSULTOR